sexta-feira, 1 de junho de 2012

DIA MUNDIAL DA CRIANÇA!

                                        Imagem da autoría de Donald Zoran


Dia Mundial da Criança
Neste caso também dia do seu Aniversário!

Um ano se passou
E a máquina do tempo se avariou…

Nesse tempo mesmo com algumas falhas da sua parte
O sol seria bastante radioso
E a sua perspetiva de futuro
Era para mim muito brilhante.

Doze meses foram o desmoronar
De um sentimento muito forte…

Para um vendaval enorme no mar
Que me fez pensar que sou um ser sem sorte!

Onde está essa jovem e doce
Que me dava tal júbilo preenchido de alegria...
Que numa perfeita fantasia
Idealizava que olhava uma jovem “Princesa”
Deslumbrante e bela.

A mesma que brincava
E que tínhamos uma relação de amizade
Repleta de cumplicidade
Num ambiente de muito respeito e sensibilidade.

Afinal para pecados meus
Existiam duas em uma!

Ou seja uma para os portões adentro
E outra que se transfigurava
Da portaria para fora
Onde o ódio, desprezo e os preconceitos reinava.

Como da bruxa má
O seu espelho a induzia
A impingir a dor e o sofrimento
E se deitava para as malvas a alegria!

E o belo de um amor puro na amizade
Se transformou num pesadelo
Que porfiou e que se transformou em infelicidade!

Pobre jovem que será porventura
Um barco sem eira nem beira
Que se desgoverna sem os lemes do amor
Que quem sabe um dia andará à procura!

28-05-2012 10:42h

ZezinhoMota

                                        Imagem de minha autoría by ZezinhoMota

6 comentários:

Anónimo disse...

Pobre da menina ZezinhoMota que não soube aproveitar as mãos gloriosas da felicidade.

Bonito, mas triste.

Continue assim para que nos possa alegrar com a sua inspiração.

Saudades da sua amiga do Brasil.

SY

R* disse...

oOlá Zé :) Voltei...um beijo*

Xonada Forever disse...

Olá amigo! Voltei aos blogs! Espero que estejas bem amiguinho! Vejo que estas de luto, algum familiar proximo? Meus sentimentos!

(Miriam Avila)

allmylife disse...

Por onde andas?? Volte a atualizar o blog, estamos sentindo sua falta =)

Helena disse...

Zezinho, é pena ver um blog tão lindamente ilustrado e tão belo na sua poesia esvair-se no tempo sem uma continuidade... Perdas (de amores ou de familiares) sempre hão de existir, e a grande lição da vida é não deixar que tais perdas nos roubem o sorriso, a alegria e, principalmente, a criação. Nada nem ninguém, acredite, merece que nos afastemos daquilo que nos faz bem à alma, como pude constatar que este espaço fazia a ti. Deixo meu abraço de agradecimento por me permitir passear por tão delicado jardim. Seja feliz, de alguma forma, poeta!

Helena disse...

Zezinho, primeiramente agradeço pela sua atenção no meu espaço. Quero esclarecer que meu blog foi criado recentemente. A bem da verdade nem sei como encontrei o seu blog, pois passeava aleatoriamente pela net. Como tive uma grata surpresa com tanta sensibilidade e beleza resolvi deixar o comentário, mesmo achando que talvez você nem acionasse mais o seu espaço. Que bom que o fez e que se preocupou em responder-me. Fiquei feliz com o seu contato. Moro no Brasil, meu amigo, mas tenho muita vontade de conhecer esse país/irmão de tantas belezas e tanta gente maravilhosa. Quanto ao seu problema de saúde, sensibilizou-me ver a sua determinação, sua força de vontade em enfrentar os embates da vida. Com toda certeza essa garra que você demonstra ter o ajudará a vencer mais etapa. Fico daqui, amigo, torcendo pela sua total recuperação e desejando que Deus esteja sempre ao seu lado, estendendo a mão para ajudá-lo a atravessar essa parte do caminho. Deixo um abraço afetuoso e um beijo no seu coração, com meu carinho.